Mapa mostra o ano em que as mulheres tiveram o direito de votar em cada país do mundo




 
Até o início do século XX, o voto, na quase totalidade dos países, era um direito exclusivo dos homens – especialmente de homens ricos. No cenário de grandes transformações que foi o século XX, as ativistas que se mobilizaram pelo direito feminino à participação política ficaram conhecidas como sufragistas.

 O sufrágio feminino foi negado no início das eras democráticas em razão de uma organização sexista da política, que mantinha o domínio político nas mãos dos homens e excluía as mulheres com base na prerrogativa preconceituosa de que as elas eram incapazes de atuar no meio político.

NO BRASIL

 Somente há pouco mais de 80 anos as mulheres brasileiras conquistaram o direito ao voto, adotado em nosso país em 1932, através do Decreto nº 21.076 instituído no Código Eleitoral Brasileiro e consolidado na Constituição de 1934.

 Mas a luta pelo voto já havia começado muito tempo antes e o Brasil poderia ter sido a primeira nação do mundo a aprovar o sufrágio feminino. No dia 1º de janeiro de 1891, 31 constituintes assinaram uma emenda ao projeto da Constituição conferindo o direito de voto à mulher – mas tal emenda foi rejeitada. A ideia de mulheres atuando na esfera pública fora repelida por séculos em todo o mundo e levaria algumas décadas para que os mais elementares direitos fossem obtidos, ainda que mais no papel do que na prática.

 Entre 1932 e 1964, a média de alistamento feminino sobre o total girou em torno de 34%. Ou seja, em geral, para dois homens alistados, havia uma mulher em condição de exercer seu direito de voto. A voluntariedade para as mulheres sem renda própria garantiu aos homens o poder de decidir se suas esposas exerceriam seu direito político. Trata-se de regra que foi deliberadamente construída para preservar a autoridade masculina, gerando desigualdade política de gênero.

Quer saber mais um pouco sobre grandes mulheres que foram esquecidas na História do Brasil? Escute o 29° episódio do meu podcast, o História No Cast Disponível no Spotify, Deezer, Apple Podcat's, Cast Box e Google Podcat's Imagem

link direto para o Spotify: https://open.spotify.com/show/3lRM9QTViqng5MxJNlb2rS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.