História da primeira milionária negra estadunidense vira série da Netflix

Foto: Divulgação/Netflix


A história e a vida de Madam C. J. Walker finalmente chegou na plataforma de streaming Netflix. Primeira mulher negra milionária dos Estados Unidos e magnata do ramo dos cosméticos, a empresária afro-americana foi a primeira de seis irmãos a nascer em liberdade, em 1867, após a Proclamação de Emancipação.

História 


Sarah Breed Love, que depois passou a se chamar Madam C. J. Walker, fez sucesso no ramo dos cuidados capilares. Tudo começou quando seu cabelo passou a cair e ela, tentando encontrar uma solução para o problema, testou diferentes tratamentos, produtos e até métodos de lavagem.

Foi quando conheceu a fórmula milagrosa, criada pela empresária Annie Malone e presidente da Poro Company, que era a resposta para problemas de autoestima das mulheres negras da época que sofriam com caspa e calvície - muitos americanos não tinham acesso a água e por isso lavavam o cabelo com menos frequência.

Sarah começou a trabalhar para a Annie vendendo cosméticos, mas com o tempo acabou propondo uma parceria e Annie não aceitou. Em 1905, já casada com o publicitário C. J. Walker, a empresária então decidiu criar sua própria linha de produtos.

 
Fotografia de Madam C. J. Walker/crédito: Wikipedia Commons

A agora Madame C. J. Walker vendia um estilo de vida para os afro-americanos ignorados pela indústria, ela logo abriu um salão de beleza e a fábrica em Indianópolis. A empresária ia muito além dos negócios, sendo uma importante ativista em questões sociais e na luta por direitos civis.

Essa história de sucesso foi contada na biografia On Her Own Ground, escrita por sua trineta, A'Leila Bundles. O livro inspirou a série A Vida e a História de Madam C. J. Walker que já está disponível no catálogo Netflix, que tem a participação da Octavia Spencer no papel principal.

Veja o trailer:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.