Postagens
recent

O homem mais rico da História era negro

 Detalhe do Atlas que mostra o homem mais rico já conhecido


  Muitos especialistas defendem que Mansa Musa, que viveu entre 1280 a 1337, o rei de Tombuctu, foi a pessoa mais rica da história. Segundo o professor de História Richard Smith, o reino da África Ocidental de Musa (que nos dias de hoje corresponde ao Mali) provavelmente era o maior produtor de ouro do mundo em um momento em que esse material passava por um momento de alta demanda.

 Economistas e historiadores ainda não conseguiram estimar quantos trilhões de dólares a fortuna no governante valeria nos dias de hoje. Isso mesmo, trilhões. Em uma lista da revista Time do ano de 2015, o Imperador Augusto César aparece em segundo lugar com US$ 4,6 trilhões.

 Ele governou o Império do Mali no século 14 e sua terra era recheada de recursos naturais lucrativos: "Sua grande riqueza era apenas uma parte de seu rico legado", afirma Jessica Smith, em aula da plataforma TED-Ed.

 A fortuna deste rei africano foi conhecida mais longe quando, em 1324, fez uma peregrinação de quase 6400 quilómetros até Meca. Não poupou nas despesas dessa viagem. A sua comitiva incluía dezenas de milhares de soldados, civis e escravos, e também 500 vendedores e mensageiros, que, além de camelos e cavalos, transportavam muitas barras de ouro. Chegando ao Cairo, Mansa Musa doou tanto ouro e tanto dinheiro que a cidade passou por uma crise inflacionária, resolvida só ao fim de muitos anos.

Mansa Musa foi rei durante 25 anos. Morreu em 1337, deixando um enorme legado de mesquitas, escolas, bibliotecas e museus – que sobreviveu por muitas centenas de anos.


Fonte: Revista Galileu

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.