Postagens
recent

Hipatia: a primeira matemática da História que teve uma morte brutal

Resultado de imagem para Hipatia: primeira matemática da História e que teve uma morte brutal

 Hipatia foi professora, conferencista, filósofa e matemática. Ela foi a primeira mulher matemática de que se tem conhecimento e seu assassinato continua sendo um mistério, não porque não se não quem cometeu o crime, nem como, mas sim o motivo.

Ela só pode estudar porque era filha de Teón de Alexandria, astrônomo e prolífico autor, que comentou e editou obras de pensadores como Euclides. Hipatia conseguiu ultrapassar o conhecimento de seu pai criando um novo e eficiente método para fazer grandes divisões e o astrolábio, algo como uma calculadora astronômica utilizada até o século 19 e o hidroscópio que serce para medir líquido.

A matemática era amiga de Orestes, então prefeito imperial de Alexandria e um cristão tolerante a outros grupos religiosos, já Hipatia era uma mulher pagã (na época Alexandria, no Egito, era um local onde pagãos, cristãos e judeus compartilhavam o mesmo espaço). Acredita-se que houve rumores sobre ela ser uma influência maligna para Orestes.

Além disso, o conhecimento que ela possuía pode ter piorado a situação. Pois suas observações atronômicas eram de extrema importância para se determinar a data da Semana Santa e, segundo informações os cálculos de Hipatia mostravam uma data diferente ao que havia sido anunciada por Cirilo, que era bispo da igreja de Alexandria e nada tolerante.

Um grupo de cristãos impediu a passagem da carruagem de Hipatia quando ela ia para casa. Foi então retirada do veículo, arrastada até a igreja e despida. Especialistas acham que ela tenha sido esfolada viva, esquartejada e queimada como se fosse um sacrifício animal para um deus pagão.

Fonte: BBC.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.