Inacreditável: crânio de Luzia é encontrado nos escombros do Museu Nacional




Parece inacreditável, mas é verdade. A equipe de pequisa do Museu Nacional, que pegou fogo recentemente, encontrou o crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas. Segundo Cláudia Rodrigues, profissional da equipe de escavamento da instituição, o crânio foi encontrando há alguns dias e está em melhores condições do que se imaginava.

A notícia foi dada nessa sexta-feira por Cláudia Rodrigues, que trabalhava na equipe de escavamento do museu. Contudo, o fóssil sofreu algumas alterações provenientes do incêndio que destruiu grande parte do acervo do museu.

"O crânio foi encontrado fragmentado, e a gente vai trabalhar na reconstituição. Pelo menos 80% dos fragmentos foram identificados", conclui Claúdia. 

Fonte: O Globo

3 comentários:

  1. Para quem sobreviveu mais de 11 mil anos, um foguinho de bosta desse é mixaria kkkk. A Luzia sim é brasileira RAIZ, nada de nutela pra ela kkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. Parece que só o crânio dela é importante !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara eu não sei como você tem coragem de dizer uma besteira dessas. o crânio dela não era a única coisa importante, mas tinha uma importância INCONTÁVEL para a história do nosso país e do mundo, com toda certeza, ele era o item que era mais lembrado entre os que supostamente se perderam, então acharem ele é sim muito importante

      Excluir

Tecnologia do Blogger.