Postagens
recent

4 dicas para aumentar o desempenho no Enem



Imagem relacionada


 Falta uma semana para o Enem e está todo mundo desesperado, mas não se desespere. Aqui vai algumas dicas para você conseguir aumentar seu desempenho na hora da prova.

 Estudar muito não é a única peça para ir bem no Enem. Existem outros fatores que influenciam muito na hora da prova. Como por exemplo: sono, alimentação, saúde mental e atividade física.

 De acordo com o psiquiatra e médico do sono Pablo Vinicius Oliveira, e mseu livro "Desenvolvendo Super Cérebros". O livro nos apresenta um programa chamado PARC, Programa de Alto Rendimento Cognitivo, que tem como objetivo aumentar a capacidade do cérebro.

 O primeiro passo do programa é o sono. De acordo com o pesquisador, o aluno que não dorme o tempo necessário, não fica descansado e não consegue desempenhar tarefas. Para a véspera do vestibular, Gomes recomenda que o candidato durma 9 horas, e em hipótese alguma, fique estudando durante a noite.


 
 O Segundo passo é a alimentação. Ter uma alimentação saudável é essencial. No dia da prova é fundamental não consumir substâncias energizantes, como café ou energético. “Essas bebidas aumentam a ansiedade e diminuem a concentração. O álcool também é terminantemente desaconselhado”. Gomes recomende que sejam ingeridos açaí, por exemplo, que é rico em Ômega 3, que não agridem o sistema nervosos central;

 A Terceira fase é focada na atividade física. Nesse caso, o ideal é ter um control a longo prazo. O médio afirma que apenas 30 minutos de exercícios aeróbicos no dia anterior ao vestibular são suficientes. Pode ser uma simples caminha. Essa prática essa prática ajuda a ansiedade

 
 O quarto método é o controle da ansiedade. A quarta e última camada do método é o controle mental da ansiedade. Para isso, a técnica utilizada é a de monitoramento respiratório. “Com o intuito de manter a respiração estável, o estudante pode parar por alguns segundos durante a prova, olhar para o relógio e medir a sua frequência respiratória. O ideal é que ela esteja entre 16 e 18 respirações por minuto. Ao longo do procedimento é importante se concentrar apenas no passar do tempo e na respiração. Isto ajudará a diminuir a ansiedade”, ensina. É fundamental controlar a ansiedade, pois isso pode acabar te tirando 30 a 40 minutos de prova.

Fonte: Guia do Estudante

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.