Postagens
recent

Como ganhar um debate sem ter razão? Schopenhauer ensina:

Resultado de imagem para Schopenhauer

O filósofo Schopenhauer escreveu um livro chamado "Como Vencer um Debate sem Precisar ter Razão" que contém 38 estratagemas (estratégia) para conseguir, como o nome do livro já diz, vencer um debate sem ter razão. Citarei algumas dessas "estratégias":
Resultado de imagem para Como ganhar um debate sem ter razão

Algumas Estratégias:

1 - Ampliação indevida: Levar a afirmação do adversário para além de seus limites e exagerá-la.
2 - Pré-silogismos : Se queremos chegar a uma certa conclusão, devemos evitar que esta seja prevista, e atuar de modo que o adversário, sem percebê-lo, admita as premissas uma de cada vez e dispersas sem ordem na conversação.
3 - Uso intencional de premissas falsas: Uso contínuo de ad hominem, que é uma falácia identificada quando alguém procura negar uma proposição com uma crítica ao seu autor e não ao seu conteúdo. Ou seja, quando você fala algo e por exemplo, alguém começa a criticar sua aparência quando o assunto não é esse
4 - Encolerizar o adversário: ou seja, irritar a pessoa para que ela deixe de usar a razão na intenção de confundir seu raciocínio na intenção de fazer você perder o debate, exemplo comum desse tipo de atitude é repetir clichês em conversas como "chola mais" ou então repetir certo nome de determinado candidato várias vezes que ira concorrer a presidência em 2018
5 - Uso intencional da mutatio controversiae: Se você perceber que o adversário do debate tem uma argumentação forte e precisa, desvie ele do rumo da argumentação interrompendo ele diversas vezes com outras perguntas para que o debate se desfaça e ele saia como perdedor (esse a galera do Roda Viva curte muito)
6 - Rótulo odioso: Reduzir a afirmação do adversário com "ismos". Exemplo: "ahhh então você é comunista? Então você representa tudo de ruim" ou "ahhh você segue o cristianismo? Só pode ser um reaça burro"

Conclusão:

 Bem, existem outras estratégias, mas essas são as que eu mais achei interessantes. Muitos interpretam a obra de Schopenhauer  de forma errônea, pois o que o filósofo quis mostrar de verdade não é como "vencer um debate", mas sim mostrar as falácias que as pessoas usam para conseguir "vencer alguém". Ou seja, a pessoa não está preocupada com a verdade ou com a resolução do problema, simplesmente quer vencer o debate de qualquer maneira, mesmo que não tenha razão, para inflar seu ego se sentido superior. E qual é a conclusão que fica? Não perca seu tempo batendo tambor pra maluco dançar. Quando você perceber que alguém usa dessas "estratégias", se retire. Guarde seu tempo para quem realmente vale a pena gastar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.